domingo, 7 de junho de 2009

Uma porrada avassaladora na Noite Senhor F Belém. Ou melhor, Só o Rock Salva.


Para mim não há como escrever esse texto de maneira completamente pessoal. A versão “Noite Senhor F”, em Belém, mostrou para quem estava lá porque que ainda moramos numa das cidades mais rockers do Brasil. Parabéns para os organizadores dessa bela festa.
A noite de shows foi iniciada de maneira impressionante, com a apresentação da banda Amplificador de Brinquedo. Além de todo o amadurecimento dos músicos, um fato me chamou bastante atenção, a performance da baterista da Andréa Déia. O seu charme descendo o braço nas peles do instrumento, encantava e ao mesmo tempo assustava, pela capacidade de mostrar muita inteligência nas conduções e nas viradas. Mas a banda se mostrou, sobretudo, coesa. Demonstrando, que a noite ia ferver, para quem se encontrava no Café com Arte.

Outra apresentação de extrema importância foi da Stereoscope. Rock’n’Roll com melodias etílicas. Assistir um show dessa banda é presenciar qualidade musical com pura festa. Os músicos conseguiram mesclar de maneira muito perspicaz músicas dos três CDs (incluindo o novo que ainda está para ser lançado pelo selo Senhor F). A temperatura no local já estava chegando no ponto máximo.


Quando se fala de temperatura no ponto máximo, é realmente a mais pura verdade. A banda Aeroplano mostrou para todos, que já está em outro patamar. A palavra Porrada seria muito pouco para descrever o que foi presenciado. Nessa hora, eu fiz questão de me colocar nas proximidades das caixas de som para ser absorvido pelas distorções e pela suavidade da voz enigmática de Eric Alvarenga.


O que é mais legal é ver o crescimento dessa banda, e perceber que está pronta para conquistar os públicos dos outros festivais pelo resto do País. E usando as palavras do idealizador da Noite Senhor F, o jornalista Fernando Rosa, e que também teceu belos comentários sobre a banda: “O santo de casa tem que fazer milagres, dentro de casa”...E isso aconteceu na noite do dia 06/06/09, no Café com Arte, tradicional casa rocker da cidade. Detalhe na data, algo em comum com alguma referência? Mas isso é apenas motivo para outro assunto.

Porém, mesmo com todas as performances avassaladoras e impressionantes, essa festa não seria a mesma se não fosse a presença de um dos públicos mais alucinados do Brasil, que é o paraense. Agora é possível afirmar que chegamos no ponto máximo da temperatura do ambiente. Para alguns pode parecer bobagem, mas para muitos algo de especial aconteceu nessa noite...Só o Rock Salva.

6 comentários:

DELINQUENTES disse...

Massa Sidão. De volta ao ataque!!!!!!

Eric disse...

Valeu pela matéria Sidney.

:)

feher disse...

É por aí mesmo. O som dessastá uma PORRADA de qualidade e ssupremacia musical. É sempre um ejacular ver a apresentação dos caras.
Momento Senhor F. em Belém foi sensacional, marco neste momento de amadurecimento e avanço do nosso cenário musical.
Parabéns pela matéria Graaaande Sid!

feher disse...

É por aí mesmo. O som "dessa tal" Aeroplano está uma PORRADA de qualidade e ssupremacia musical. É sempre um ejacular ver a apresentação dos caras.
Momento Senhor F. em Belém foi sensacional, marco neste momento de amadurecimento e avanço do nosso cenário musical.
Parabéns pela matéria Graaaande Sid!

Hugo N. Góes disse...

Muito boa a matéria seu menino, assim como a noite. Foi perfeito demais!!!

vanikejr disse...

Eras Sidney, resumistes em palavras precisas a noite Senhor F. A avaliação que fizestes de cada banda foi a mais orgânica e real possivel. Parabéns.

:)