domingo, 2 de agosto de 2009

MESTRE LAURENTINO HOJE NO DOMINGÃO DO FAUSTÃO

CRÉDITO DA FOTO: BRUNO MIRANDA

TEXTO DO JORNALISTA CACO ISHAK

ASSISTA O CLIPE DA MÚSICA "LOIRINHA AMERICANA": PRODUÇÃO - FLORESTA VÍDEO. LOGO ABAIXO DO TEXTO

Neste domingo, 02, Mestre Laurentino promete encantar o público brasileiro com sua gaita e muita jovialidade. Com oitenta e três anos, o “roqueiro mais antigo do Brasil” (como será apresentado em rede nacional), será homenageado no quadro "Figuraça", do Domingão do Faustão, que vai ao ar durante o primeiro bloco do programa, antes do tradicional jogo de futebol das 16h. Acompanhando o Mestre, nas apresentações musicais, o Coletivo Rádio Cipó.
Cenas de Ponta de Pedras, na Ilha do Marajó e onde Laurentino nasceu, depoimentos de amigos e familiares sobre as origens do Mestre, entre outras surpresas, darão a chance a milhares de brasileiros de conhecerem um pouco mais sobre a vida de tão importante figura para a cultura do país. O encanto é garantido.

*LAURENTINO E O CRC –* O primeiro contato entre Carlinhos Vaz, baterista e produtor musical do Coletivo Rádio Cipó, e Mestre Laurentino se deu em 1998, durante o festival Rock 6 Horas, realizado no Mercado de São Brás, em Belém. Vendo a movimentação de bandas, Laurentino pediu a várias delas para que desse uma “palhinha” em seus shows, não sendo atendido por ninguém, senão Carlinhos, então na banda Mangabezo. O sociólogo carioca Hermano Viana estava na platéia, pesquisando para seu projeto Música do Brasil, e logo se interessou pelo senhor tocando gaita, convidando-o a participar da coletânea ao lado de Gilberto Gil.
Passados três anos, a Mangabezo acabou. Mas não a vontade de Carlinhos de experimentar novos sons. Com este espírito, correu atrás de Laurentino na Ilha de Outeiro, onde o Mestre morava, levando meses para encontrá-lo. Aposentado, Laurentino disse que não queria mais saber de tocar de graça. A insistência de Carlinhos, porém, fez com que o Mestre voltasse a compor e ser um dos primeiros integrantes do recém-formado Coletivo Rádio Cipó, em 2001.

video

Nenhum comentário: